A carregar Eventos
  • Este evento já decorreu.

Luís Severo convida Catarina Branco

10€

Detalhes

Data:
Outubro 19
Hora:
22:00 - 23:30
Custo:
10€
Categorias de Evento:
,
Bilhetes:
https://luissevero.eventbrite.pt

Local

Bang Venue
Praça Dr. Alberto Manuel Avelino nº1
Torres Vedras, Lisboa 2560-284 Portugal
+ Mapa do Google
Telefone:
261317911
Site:
www.bang-venue.com

Luís Severo convida Catarina Branco e apresenta “O Sol Voltou” nesta sua estreia no Bang Venue.

Depois da notável estreia em 2015 com o independente “Cara d’Anjo”, Luís Severo juntou-se à Cuca Monga, editora pela qual lançou, com a mão da Sony Music Portugal, o seu segundo disco, o homónimo “Luís Severo”, que o levou aos lugares cimeiros das listas anuais da imprensa musical e generalista e aos mais emblemáticos palcos e festivais do país.

Com apenas dois álbuns editados, era já um dos nomes consensuais da escrita de canções da sua geração, mas não é por isso que deixa de surpreender. Do choque concordante entre o acústico e o electrónico, da contenda conciliante lírica e de todos os contrastes imagéticos, Luís Severo afasta-se do que já por si foi feito e, sem nunca perder o centro que o particulariza, chega assim com o seu terceiro disco, “O Sol Voltou”:

“O Sol Voltou” será, talvez, o meu disco mais pessoal e confessional. Neste disco decidi romper com algum auto-distanciamento fruto das estéticas enfeitadas e de alguma musculatura pop. Foi composto e produzido em total solidão, tendo decidido também tocar todos os instrumentos. Durante as gravações contei com a preciosa companhia do Diogo Rodrigues e do Rodrigo Castaño, que na régie do estúdio foram falando aos meus ouvidos e esperando pacientemente que eu fizesse o take quase perfeito. Este foi também o disco em que me aventurei com mais confiança na mistura e masterização, contando sempre com a preciosa colaboração do já familiar Eduardo Vinhas. Liricamente, “O Sol Voltou” é mais amor e menos paixão, mais família e menos multidão, mais vida mas também mais morte.

Vinda do Oeste, a Catarina Branco não toca hard-rock, hip-hop ou música de dança. A sua música não é muito jazzy nem tem gritos distorcidos. Não traz uma orquestra de 80+ músicos dirigida por um maestro de alto gabarito. Metaleiros não vão aos concertos dela. Há quem diga que é queer-pop-fofinho.
Catarina Branco estreia-se com “‘Tá Sol”, um EP de canções sobre amizade, amor e enfatuação e tudo o que fica na margem e zonas cinzentas dos limites dessas ideias, num exercício de síntese musical. Gravado em casa por meios próprios, tendo tido uma ajuda na pós-produção e na mistura de Luís Severo.

Se não tiver cartão de crédito use o MBWAY para criar um cartão temporário, veja como em www.mbway.pt

Bilhetes, locais de venda e preços:

Na Slingshot: 10€ ( horário laboral )

Na Carsportif: 10€ ( horário laboral )

Compra online regular: 10€ + taxas

Nota: Nas compras online, oferta de uma bebida de cápsula / água